topo

Download Free Templates http://bigtheme.net/ Websites Templates

O traumatismo acometendo a polpa digital, comumente chamada de ponta dos dedos, é extremamente comum em virtude de nossa utilização das mãos como órgão sensório, com o qual exploramos o meio ambiente ao nosso redor.

Desta forma, a preservação da polpa digital é de vital importância para o bom funcionamento da mão, atuando na preensão dos objetos, precisão de movimentos e como mencionado anteriormente, como órgão sensório.

Só para exemplificar a espantosa precisão com que podemos sentir na ponta dos dedos: conseguimos perceber dois pontos individualizados na região com a distância aproximada de 3 mm(isto é, se encostarmos duas pontas de um clip de papel na ponta dos dedos, conseguimos perceber as duas pontas). Apenas à nível de comparação, quando realizamos o mesmo teste de discriminação de dois pontos em outras regiões do corpo, as distâncias percebidas são muito maiores, chegando a mais de 20 mm!

É em parte por conta desta espantosa quantidade de receptores de tato na ponta dos dedos que conseguimos a proeza de colocar a mão dentro do bolso e reconhecer a nossa chave do carro, por exemplo.

Por conta disto, uma lesão na ponta do dedo, embora possa parecer coisa banal, pode evoluir de maneira a tornar-se um problema importante dependendo da ocupação e do uso das mãos pelo paciente.

Imagine uma lesão nesta região reconstruída sem a sensibilidade por exemplo. Se for num dedo menos importante, pode até ser contornável. Mas e se for no polegar??

 

E se o paciente simplesmente deixar cicatrizar um machucado nesta região e evoluir com uma cicatriz tão dolorosa que o impeça de pegar qualquer coisa com esse dedo?

Além de tudo o que foi relatado anteriormente, ainda existem outros aspectos relacionados à manutenção de um dedo como a preservação de seu comprimento e uma unha esteticamente aceitável.

Muitas são as técnicas reconstrutivas que podem ser utilizadas com o intuito de realizar uma reconstrução adequada que vão desde a utilização de transferências locais oriundas do mesmo dedo ou até de dedos adjacentes até soluções mais sofisticadas, como o transplante de parte de um dos dedos do pé( até com parte da unha) .

Concluindo, a reconstrução das polpas digitais deve ser realizada com o objetivo de manter função e forma da região, respeitando as particularidades e necessidades de cada indivíduo( um músico apresenta uma demanda funcional diferente de um trabalhador braçal).