topo

Download Free Templates http://bigtheme.net/ Websites Templates

A ocidentalização ou criação da prega tarsal superior no olho asiático (”dobrinha do olho”) é a cirurgia plástica mais realizada em toda Ásia. Tendo em vista que somente 30 a 50% da população do extremo oriente (China, Korea e Japão) apresentam prega tarsal superior naturalmente, existe uma demanda constante  por este procedimento, impulsionado por uma cultura altamente competitiva e que mescla valores modernos e globalizados de beleza.


A imagem é meramente ilustrativa e tem como objetivo demonstrar as diferenças entre o posicionamento da prega tarsal superior no olho asiático.

No Brasil, e especialmente em São Paulo, onde há um grande número de descendentes de chineses, coreanos e japoneses, a procura por este procedimento é grande. Bem como as dúvidas em relação a ela.

A criação da prega palpebral superior pode ser realizada basicamente de duas formas: técnica aberta e fechada.

Na técnica aberta é realizada uma incisão (corte) na pálpebra superior semelhante a incisão da blefaroplastia convencional. Indicado para pacientes com mais idade, e que apresentam excesso de pele ou bolsas de gordura. Devido à incisão e à maior manipulação cirúrgica, o edema é mais intenso que na técnica fechada, necessitando de 7 a 14 dias para recuperação.

Na técnica fechada ou técnica ”dos pontos”, não é necessária a realização da incisão. A prega na pálpebra superior é confeccionada com a passagem de pontos com fio inabsorvível ultra fino. Essa técnica é pouco invasiva, rápida e permite uma recuperação em cerca de 3 dias. Por não necessitar de incisões, pode ser realizada no próprio consultório sob anestesia local. Indicada para pacientes mais jovens, que não apresentam  excesso de pele ou bolsas de gordura nas pálpebras.

Em ambas as técnicas, é possível criar uma prega palpebral superior que mantenha a aparência natural e respeite as caracteristicas do olho asiatico, e ao mesmo tempo dê um aspecto de olho naturalmente ” mais aberto”. Dessa forma, o índice satisfação dos pacientes com o procedimento se aproxima dos 90%.